Saiba como funciona o teto de gastos da Conta Simples

Entenda o funcionamento do teto de gastos flexível com a Conta Simples.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
banner do material Fever Play

Uma empresa que tem em mãos um limite de dinheiro insuficiente para o dia a dia da operação vai notar, mais cedo ou mais tarde, que os serviços financeiros dos bancos tradicionais ainda não estão à altura de suas necessidades. O ideal mesmo é ter um teto de gastos flexível, que atenda às demandas das equipes.

Não é raro ver o setor financeiro de alguns negócios se apoiando em cartões pessoais de sócios ou fundadores para gerir os gastos operacionais, desde assinaturas de softwares ao cafezinho coletivo. Por isso, no fim do mês, a fatura se transforma em uma charada a ser decifrada.

A solução da Conta Simples para esse problema é a união de uma conta 100% digital a uma plataforma de gestão de despesas que permite a criação de múltiplos cartões corporativos. Mas e o problema do limite, como fica?

Entenda, neste artigo, como funciona o teto de gastos dos cartões da Conta Simples e dê paz ao seu financeiro.

O que é teto de gastos?

Antes de explicar como funciona o teto de gastos da Conta Simples, é importante entender bem o que é teto de gastos

O teto de gastos fixa um limite máximo de dinheiro que é possível gastar nas áreas de uma empresa.. Isso ajuda a manter o controle financeiro e dá mais liberdade aos setores para usar o recurso que é designado da melhor forma possível. 

Assim, o gestor financeiro não precisa aprovar todos os gastos de cada um dos setores da empresa e os gestores das outras áreas não dependem dessa etapa de aprovação, ou seja, as necessidades são atendidas com muito mais agilidade e menos burocracia, mantendo o controle das finanças.

Teto de gastos personalizável da Conta Simples

Saiba como funciona o teto de gastos da Conta Simples

Como o nosso CEO, Rodrigo Tognini, já comentou aqui no blog, toda a ideia por trás da Conta Simples surgiu de uma dor que ele e o sócio Fernando Santos já haviam enfrentado como empreendedores.

Com a dificuldade de acessar cartões corporativos que fornecessem a liberdade financeira necessária para o crescimento da empresa, eles acabaram misturando a conta pessoal às despesas corporativas, o que acabou com o limite do cartão (ou, como ele diria, foi pro vinagre!).

Mas a dor não era só deles. Faltava um serviço financeiro que solucionasse esse problema e, assim, surgiu o teto de gastos acoplado à conta digital da Conta Simples.

Como funciona o teto de gastos nos múltiplos cartões da Conta Simples?

Os clientes da Conta Simples podem emitir e distribuir cartões corporativos com orçamentos conectados ao saldo na conta, que podem ser controlados pelos usuários responsáveis por meio da plataforma.

Com o teto de gastos personalizável, o orçamento é você quem faz! Todos os serviços, produtos, materiais e assinaturas necessários podem ser adquiridos sem medo de estourar o cartão, além de não dar nenhuma dor de cabeça para o financeiro depois.

Isso porque os múltiplos cartões podem ser distribuídos pelos centros de custo, facilitando a rastreabilidade das despesas.

E todo esse processo é feito de forma autônoma pelo usuário, em poucos cliques

Passo a passo de como inserir o teto de gastos nos cartões da Conta Simples

Para inserir o teto de gastos de gastos nos cartões da Conta Simples, é muito simples. 

  • Acesse o Internet Banking;
  • Clique na aba Cartões Corporativos;
  • Escolha entre a opção física ou virtual;
  • Adicionar a funcionalidade do cartão em questão (se for para o time de marketing, você pode colocar Mídia Paga ou, então, Assinaturas, para facilitar a categorização das despesas);
  • Adicione também a categoria (aqui, você coloca o centro de custo responsável por ele), o gasto máximo mensal – que é o teto de gastos do cartão;
  • Associe um ou mais responsáveis por ele.

Caso tenha optado pelo cartão virtual, você já pode começar a utilizá-lo, sem medo de ser feliz.

O que é importante saber?

Outro fator essencial que diferencia a Conta Simples dos serviços financeiros tradicionais é que não fazemos nenhuma análise de crédito durante a avaliação da abertura de conta. 

Dessa forma, você não precisa se preocupar com o teto de gastos que oferecemos. Todos os nossos clientes têm o mesmo benefício: o orçamento dos cartões é definido a partir do saldo na conta corrente.

Para abrir sua conta, você só precisa fornecer alguns dados pessoais e da empresa, uma foto de rosto e apresentar o Contrato Social, assinado e registrado. 

Com a Conta Simples, você facilita a gestão de despesas do seu negócio e, de quebra, dá paz ao financeiro. Não espere mais e abra já a sua conta.

Não sabe como usar os cartões corporativos no seu negócio?

Confira agora como os múltiplos cartões
ajudam no controle das despesas!