Plataforma de cartões para empresas da Conta Simples: imagem do aplicativo

Cartões para empresas: tudo sobre múltiplos cartões corporativos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O melhor amigo do gestor financeiro? Sem dúvidas, o cartão corporativo, ou melhor: os múltiplos cartões para empresas. Físicos ou virtuais, eles são mais do que uma ferramenta para que a startup possa fazer compras e assinar plataformas e softwares. Dentro dos times financeiros, os cartões são instrumentos valiosos para a gestão de despesas e, se bem escolhidos, conferem mais visibilidade das transações aos profissionais das finanças.

Mas como escolher a plataforma de cartões ideal? Entre as soluções de cartões para empresas, qual é a mais completa? Como criar uma nova política de compras com cartão na startup. A resposta para essa e outras perguntas está adiante. Confira!

 

Por que adotar múltiplos cartões para empresas?

À medida que uma startup cresce, aumenta também o volume de compras e assinaturas. Não raro, essas empresas têm só um ou dois cartões para todos os departamentos de uma empresa e quem controla essas compras é o gestor financeiro.

O resultado? Extratos intermináveis repletos de despesas sem dono e assinaturas de softwares estratégicos para o trabalho. Nesse cenário, é muito mais fácil que os gastos fantasmas se proliferem. Além disso, no caso de um bloqueio, a assinatura de sistemas importantes está ameaçada.

Com múltiplos cartões corporativos, você pode:

  • gerar cartões físicos e virtuais, de acordo com a necessidade das equipes;
  • distribuir um cartão para cada centro de custos e descentralizar a gestão de despesas;
  • criar cartões virtuais para cada ferramenta online adotada.

 

Qual plataforma de cartões corporativos adotar?

Muitas empresas em processo de crescimento ainda precisam passar por um longo processo de aprovação para ter o seu cartão corporativo em mãos, que dirá múltiplos cartões! Em geral, esse processo é mais burocrático com os bancos tradicionais.

É por isso que as empresas da nova economia deve recorrer às fintechs em busca de seus múltiplos cartões. A Conta Simples oferece abertura de conta simplificada e, uma vez aberta, já é possível começar a usar os cartões virtuais, quantos forem necessários!

Os limites também são um problema recorrente para as startups que crescem rápido. Muitas vezes, as instituições oferecem limites incompatíveis com as necessidades da empresa. A solução encontrada pelos especialistas da Conta Simples pra driblar esse problema foi fazer do saldo em conta o teto de gastos do cartão.

A plataforma de cartões da fintech faz parte de uma solução financeira integrada, com conta corrente digital e software de gestão de despesas. Por isso, um diferencial está nesse aspecto gerencial dos cartões para empresas. Com eles, é possível:

 

  • categorizar gastos por centros de custos;
  • definir responsáveis por cada cartão;
  • controlar os orçamentos dos times;
  • criar tetos de gastos personalizados para cada cartão;
  • analisar os dados financeiros da organização.

 

Os múltiplos cartões para empresas da Conta Simples permitem a categorização das despesas.

 

Dicas para gerir seus cartões corporativos

Adotar uma plataforma digital de cartões para empresas é dar mais um passo em direção à transformação digital das finanças. E toda atualização exige adaptação da organização. Por isso, elaboramos uma lista de boas práticas nesse processo:

 

1. Atualize (ou crie) uma política de uso do cartão corporativo

Com múltiplos cartões em mãos, o gestor financeiro poderá, finalmente, dar autonomia para as equipes. Mas, para isso, é preciso que os gestores dos outros times e todos os colaboradores que fazem compras estejam na mesma página.

Uma política de uso de cartões nas empresas deve definir:

  • os funcionários que terão acesso aos cartões;
  • as responsabilidades do colaborador que faz compras com o cartão;
  • os tetos de gastos e as limitações daquele cartão;
  • as consequências do uso inadequado.

A plataforma de cartões da Conta Simples é uma grande aliada no financeiro na hora de colocar essas medidas em prática e na garantia de que as medidas estão sendo cumpridas.

Ela permite que o usuário crie diferentes perfis e permissões específicas para conferir fluidez ao processo de compras.

 

 

2. Controle os orçamentos das equipes

Depois de acordar as novas regras para o uso do cartão, é hora de partir para a etapa de controle. Os responsáveis pela plataforma de cartões da Conta Simples criaram uma solução para que o financeiro
possa limitar o valor que pode ser gasto em um cartão: o gestor pode alterar o teto de gastos a todo momento.

 

 

3. Analise tudo em extratos individuais

Com o ritmo acelerado de uma startup, é impossível que o financeiro acompanhe de perto cada processo. Mas é possível sim dar liberdade para que os colaboradores façam seus projetos andarem, sem nunca perder o controle!

A solução da fintech permite que os gestores acompanhem as transações em extratos individualizados conforme o centro de custo, além fornecer gráficos e dashboards de fácil visualização. É rastreabilidade e visibilidade das finanças corporativas.

 

Exemplos de uso

A Alura e a Cuidas são startups que escolheram a plataforma de cartões corporativos para colocar o financeiro em ordem sem perder visibilidade. Entenda:

 

Você também pode fazer como os gestores financeiros da scale-ups que mais crescem e adotar múltiplos cartões corporativos na sua empresa:

Abra sua conta

 

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Receba novos conteúdos toda semana. Fique tranquilo, não vamos lotar sua caixa de entrada!

Postagens Relacionadas

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Empreender é como um jogo de videogame. A cada fase que passa, os desafios e obstáculos ficam mais difíceis. Com o tempo.