Automação do financeiro: o que é e como funciona

Geri Bruder e Anderson Torres explicam o que envolve o processo de automação do financeiro dentro de uma empresa.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
banner do material Fever Play

Além de ser muito discutida nos dias de hoje, a automação do financeiro envolve conceitos que vão além da utilização de recursos tecnológicos.

Um processo de transformação digital, segundo Geri Bruder, Head Financeiro da Senior Sistemas, não acontece só aplicando tecnologia. É preciso entender que ele é mais profundo, com processos, cultura (entender como algo pode ser mudado) e ferramentas. 

Por isso, quem está na liderança (CFO ou diretor financeiro), deve ter como preocupação olhar com cuidado para esse mix de coisas e conduzir tudo com times unidos (financeiro e de tecnologia). 

“Quando a gente fala de transformação digital não é ferramenta, é unir situações, unir as áreas com o propósito de fazer melhor, mais rápido, mais eficiente, com menos pessoas, com profissionais avaliando dados para a tomada de decisões”, explica o especialista.  

Basicamente, a gente também está falando de uma mudança no perfil de trabalho do analista financeiro, como uma figura menos operacional. “Um analista financeiro nos dias de hoje precisa ser cada vez mais estratégico. Ele tem que trazer uma pauta, uma carga estratégica para o CFO decidir e tomar decisões mais assertivas”, lembra Geri. 

O processo de automação do financeiro dentro de uma empresa 

No financeiro, deu para perceber que os recursos tecnológicos também representam um papel muito importante. Basta olhar para o Pix e as transferências em lote e verificar seus recordes diários de uso em transações. 

“As soluções de inovação de uma forma geral também podem ser facilmente acessadas, ficando mais fácil inovar. Tudo muito mais voltado para o dia a dia e para a experiência do cliente”, explica Anderson Torres, Product Manager da Wiipo.

Para ele, as oportunidades são grandes, só é preciso dar o primeiro passo. “As empresas e os gestores precisam começar. Se a empresa percebe que o mundo está mudando, precisa colocar essas coisas na sua agenda estratégica”, destaca Anderson.

Assim, para começar o processo de automação do financeiro dentro de uma empresa, além de ter em mente processo, cultura e tecnologias (ferramentas), é preciso também que haja integração entre as áreas. “Não posso pensar só como financeiro. Preciso cada vez mais pensar como negócio e fomentar mais oportunidades. É preciso olhar as áreas de tecnologia e as áreas da cadeira de finanças ocupada, para que elas cada vez mais andem de mãos dadas”, afirma Geri. 

Por isso, o caminho a ser seguido precisa de aproximação e de olhar cada vez mais para o negócio. “Quando você começa olhar essa desburocratização na área financeira e as inovações, você traz competitividade, reduz custo, traz mobilidade, transforma processos de maneira mais rápida e ágil e segue uma linha de pensamento mais analítica”, completa o Head Financeiro.

O que pode ajudar na automatização do financeiro

Atualmente, existem muitas ferramentas no mercado que podem ajudar os gestores na automação do financeiro. Uma das que mais se destaca no mercado é a Conta Simples, uma plataforma de gerenciamento de despesas para empresas que une conta corrente digital e múltiplos cartões corporativos

Leia mais: O que é a Conta Simples

Com ela, é possível ter mais visibilidade sobre os gastos da empresa e dar autonomia para o time financeiro sem perder tempo com burocracia.

Principais funcionalidades:

  • Conta corrente completa – internet banking e app;
  • Múltiplos cartões corporativos (virtuais e físicos);
  • Realização de pagamentos – inclusive boletos em lote;
  • Alçada de aprovação de pagamentos;
  • Múltiplos perfis de acesso (gestor, usuários de cartão, contador/BPO);
  • Realização e recebimento de transferência via TED e PIX;
  • Rentabilidade de 100% do CDI;
  • Exportação de extrato em PDF, OFX e XLS;
  • Saque disponível em toda a rede de bancos 24 horas.

E você? Precisa trabalhar a automação do financeiro da sua empresa? Conheça a Conta Simples!

Natália Plascak
Natália Plascak
Especialista em Conteúdo na Conta Simples, é formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em Jornalismo e tem um MBA em Gestão de Mídias Digitais e Inteligência de Negócios pela ESPM. Trabalha com Marketing Digital desde 2017.
Natália Plascak
Natália Plascak
Especialista em Conteúdo na Conta Simples, é formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em Jornalismo e tem um MBA em Gestão de Mídias Digitais e Inteligência de Negócios pela ESPM. Trabalha com Marketing Digital desde 2017.
Não sabe como usar os cartões corporativos no seu negócio?

Confira agora como os múltiplos cartões
ajudam no controle das despesas!