O que é gestão de custos?

O guia da gestão de custos para sua empresa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Não importa qual é o tamanho da empresa ou o setor em que ela se encontra: a gestão de custos é fundamental para a saúde financeira de qualquer empreendimento. À medida que um negócio cresce, no entanto, geri-los de forma estratégica se torna urgente. 

Neste texto, você descobre qual é a importância de uma gestão de custos eficiente e como ela pode alçar a companhia para o próximo patamar.


Custos vs despesas

Antes de discutir a gestão de custos, vale refletir sobre as diferenças entre custos e despesas. Em primeiro lugar, é importante notar que ambos são termos frequentes na gestão financeira de uma empresa, já que se referem aos gastos daquela companhia, ou seja, aquilo que sai do caixa. Mas existe uma diferença:

Custos

O custo é a quantia gasta por uma empresa para produzir aquilo que oferece, isto é, um produto, um bem ou um serviço. 

Por exemplo: para produzir um software que compara preços de planos de celular, é preciso gastar com a hospedagem do aplicativo, com as horas de trabalho dos desenvolvedores e por aí vai…

Despesas

Fixas e variáveis, as despesas, por outro lado, estão relacionadas às rotinas administrativas de uma empresa. Aqui, entram o aluguel de um espaço físico, se houver, os gastos com marketing, os profissionais envolvidos na administração, no RH.

Quando o assunto é a saúde financeira da companhia, é fundamental evitar aquelas despesas desnecessárias, os gastos fantasmas.


O que é gestão de custos e por que ela é importante?

Inovar tem um custo, ou melhor, uma série deles. Para criar produtos eficientes, é preciso contar com bons profissionais, desenhar protótipos e fazer testes. Gerir custos é controlar o fluxo de caixa que resulta dessas e de outras operações, mas também colaborar com a decisão de como e quando investir.

A gestão de custos é fundamental para a lucratividade de uma organização. Com a clareza de quais são os custos fixos, os variáveis e aqueles que são pontuais, é possível investir no produto ou serviço oferecido, sem deixar a empresa no vermelho.

 

Como começar: as etapas da gestão de custos

Quando uma empresa decide construir ou reformular um produto, ou mesmo oferecer um novo serviço, é preciso fazê-lo de forma estratégica, de olho nas finanças. A seguir, listamos alguns passos que você pode seguir:

 

Comece pelo planejamento

Você já sabe: um bom gestor financeiro nunca para de planejar! Antes de fazer qualquer investimento no produto ou serviço ofertado ou desenvolver novos projetos, é preciso identificar, de forma minuciosa, tudo o que será necessário para tirar a iniciativa do papel.

Quantos funcionários estarão envolvidos no projeto? Será preciso terceirizar algo? A empresa já possui todos os equipamentos? Perguntas como essas são fundamentais para dar o pontapé inicial.

Estime os custos

Com todos os custos necessários em mente, a equipe financeira poderá partir para a etapa de estimativa de custos. Trata-se de um processo preditivo que consiste na quantificação e precificação de todos os custos.

Determine um orçamento

Agora sim: é hora de definir os valores de forma certeira e escolher os fornecedores. É importante definir uma janela de tempo para cada valor orçado, de acordo com o cronograma do projeto.  

Controle tudo

Não há gestão de custos sem controle de custos. Essa etapa é estratégica para garantir que o projeto se mantenha fiel aos passos anteriores. Aqui, é importante:

  • medir a variação dos custos ao longo do processo;
  • registrar todas as eventuais mudanças;
  • fazer os ajustes necessários para garantir o custo mínimo.

Estude sempre a gestão de custos

O processo é cíclico e, portanto, é estratégico analisar o que deu certo e o que deu errado antes de fazer tudo novamente. Para garantir a performance das próximas iniciativas, é crucial extrair e registrar o máximo de métricas. Essas informações devem ser consultadas nos próximos ciclos e em todo o processo de gestão de custos. 

Ou seja… A gestão de custos

É para qualquer empreendimento que queira melhorar seus produtos e serviços ou inovar, criando novos, mas sempre de forma estratégica. Afinal, as finanças ditam a capacidade de investir de uma companhia.

Uma boa gestão custos ou despesas, requer a utilização de ferramentas adequadas. Para escolher os instrumentos adequados para você, baixe o nosso e-book gratuito Guia essencial de ferramentas para times financeiros.

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Receba novos conteúdos toda semana. Fique tranquilo, não vamos lotar sua caixa de entrada!

Postagens Relacionadas

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Empreender é como um jogo de videogame. A cada fase que passa, os desafios e obstáculos ficam mais difíceis. Com o tempo.