Como montar um melhor financeiro em uma startup

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Montar um time financeiro em uma startup é uma tarefa que pode não ser tão simples quanto parece, já que se trata de um departamento bem estratégico e que tem um peso grande no crescimento do negócio.

A contratação de gente boa e adequada pode significar um bom investimento, com alta capacidade de gerar ROI em um cenário de muita velocidade, por isso é preciso ter cuidado com o processo.

O modelo blitzscaling e o crescimento de uma startup

Antes mesmo de falar sobre o financeiro, é importante entender como funciona a formação dos times em geral em uma startup.

O modelo blitzscaling, criado pelo fundador do LinkedIn, Reid Hoffman, mostra que uma startup deve focar em cada uma de suas fases de crescimento em escala.

Enquanto ela cresce, suas rotinas e formas de trabalho também sofrem mudanças. Conforme a demanda aumenta, os times, os clientes, a estrutura e a receita também vão se expandindo. 

A escala pode ser dividida em cinco fases: 

  • Família; 
  • Tribo; 
  • Vila; 
  • Cidade;
  • Nação.
tabela que explica blitzcaling em uma startup
Fonte: Endeavor

 

Existe, portanto, uma relação entre a receita do negócio e a quantidade de funcionários necessários para fazer tudo acontecer. 

Em cada estágio, as percepções vão mudando e acompanhando o ritmo de crescimento. Assim, o time vai ganhando um maior número de pessoas.

“Uma startup busca pessoas com vontade de fazer a diferença, que são ousadas, que pensam sempre na inovação e no que pode ser feito de maneira diferente. Além disso, uma startup em amplo crescimento precisa de pessoas que tenham fácil adaptabilidade às mudanças e que queiram crescer rápido na carreira”, destaca Bruno Martins, responsável pelo time de Pessoas da Conta Simples.

Qual é o perfil do profissional do financeiro em uma startup

Como deu para perceber, a cada rodada de investimento é possível ter uma nova percepção de crescimento.

Por isso, o profissional que trabalha no financeiro de uma startup precisa ser flexível e entender que as coisas mudam a todo momento.

“Sempre digo que trabalhar no financeiro de uma startup é como trabalhar em um canteiro de obras, executando diferentes tarefas e colocando em perspectiva o crescimento do negócio para atingir os objetivos”, afirma Roberto Trevisan, CFO da Quanto. 

Outro ponto de atenção que acaba sendo relevante no recrutamento e seleção do time financeiro é pensar a longo prazo. “Quando estou em busca de um profissional, procuro contratar pessoas que tenham experiência em áreas que serão nossos próximos passos. Além disso, também busco pessoas que estão dispostas e com vontade de construir algo interessante e de impacto na vida de outras pessoas”, explica Trevisan. 

A capacidade de testar e aprender com os erros também é demandada, afinal, pequenos testes podem trazer respostas rápidas e a verificação de hipóteses relevantes para o negócio. 

Assim, é preciso entender a importância da agilidade e da velocidade para mudar de rumo, dependendo de como as coisas estão caminhando.

Quais são os profissionais essenciais para o financeiro de startup

Mesmo tendo essa perspectiva do modelo blitzscaling, alguns profissionais acabam sendo essenciais nos times financeiros de uma startup

“Profissionais de contas a pagar e a receber, controladoria, orçamento e planejamento financeiro são fundamentais para que a startup tenha um crescimento financeiramente sustentável”, destaca Martins.

Como montar um melhor financeiro em uma startup

A ideia de montar um time financeiro dos sonhos em uma startup esbarra em uma questão extremamente determinante: a cultura vivida na empresa.

A contratação dos melhores profissionais pode estar justamente no fato de atrair aqueles que possuem um maior fit cultural, ou seja, um alinhamento entre os valores da empresa e do candidato.

Com isso em mente, fica fácil perceber que não adianta contratar pessoas com os melhores currículos se elas não possuem comportamentos compatíveis com os valores da empresa.

Resumindo

A formação de um time financeiro em uma startup deve ser encarada de uma maneira bem estratégica, porque pode impactar significativamente o crescimento do negócio. 

Nos dias de hoje, o mercado de trabalho exige que o profissional dessa área tenha bastante flexibilidade e clareza para entender que as coisas mudam a todo momento, por isso é necessário se adaptar rapidamente a novos cenários e fazer testes, não tendo medo dos erros que possam cruzar o caminho.

Para que se alcance um crescimento financeiramente sustentável, profissionais que acabam sendo fundamentais no time financeiro de uma startup são os de contas a pagar e a receber, de controladoria, de orçamento e de planejamento financeiro.

Mas, é sempre bom tentar garantir que exista um alinhamento de valores entre empresa e candidato para que os trabalhos fluam da melhor forma possível dentro do departamento e gerem mais retorno para a empresa.

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Receba novos conteúdos toda semana. Fique tranquilo, não vamos lotar sua caixa de entrada!

Postagens Relacionadas

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Empreender é como um jogo de videogame. A cada fase que passa, os desafios e obstáculos ficam mais difíceis. Com o tempo.