Como separar despesas pessoais x despesas corporativas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
banner do material Fever Play

Misturar despesas pessoais e despesas corporativas é muito comum no mundo de pequenas e médias empresas, porém os riscos que essa prática traz são muitos e em alguns casos pode até levar o negócio a falência.

Pensando nisso, preparamos esse artigo para mostrar como deve ser feita a separação entre essas duas contas e a importância que isso tem para o negócio.

Nunca leve despesas domésticas para a empresa

Usar a conta da empresa para fazer pagamento do supermercado de casa, escola dos filhos, gasolina do próprio carro é uma prática que deve ser eliminado agora mesmo. E o contrário é verdadeiro, pagar uma despesa da empresa com o cartão pessoal também não pode.

Ao fazer essa separação você começa a identificar mais claramente qual é a real situação financeira do seu negócio, ao mesmo tempo que percebe qual é seu padrão de vida pessoal.

Tenha contas separadas

Nunca use a mesma conta corrente para fazer movimentações da empresa e movimentações pessoais ao mesmo tempo. Ao fazer essa separação, a empresa fica organizada financeiramente, o que facilita para pegar uma linha de crédito no banco e otimiza o processo de contabilidade.

Quando o assunto é MEI, utilizar a mesma conta é super comum, pois por lei não é necessário ter uma conta pessoa jurídica, mas do ponto de vista de gestão é extremamente recomendável separar.

A Conta Simples é a única opção no mercado focada exclusivamente em micro e pequenos empresários. Se quiser conhecer mais é só acessar nosso site.

Lucro da empresa não é salário do empresário

Muitos donos de negócio acreditam que podem retirar todo o lucro da empresa como forma de remuneração pessoal, mas isso está muito errado. O lucro da empresa é uma coisa, e a retirada dos sócios é outra, o que chamamos de pró-labore.

Com o lucro da empresa é possível definir ações que irão fazer a empresa crescer ainda mais. Algumas das ações são novos investimentos, aplicações financeiras, reservas para projetos futuros. Já o pró-labore é dedicado exclusivamente para as despesas pessoais dos sócios, como escola dos filhos, supermercado, gasolina do carro, passeios etc. Inclusive contabilmente o pró-labore pode ser considerado uma despesa de folha de pagamento, assim como o salário de todos os outros funcionários da empresa.

Ao dedicar todo o lucro do seu negócio para objetivos pessoais, você está optando por não reinvestir no seu negócio e deixar com que ele cresça ainda mais.

Utilize ferramentas de gestão

Atualmente existem diversas ferramentas de gestão que podem auxiliar a organização financeira do seu negócio. Exemplo de empresas que oferecem esse tipo de serviço com um custo acessível são Conta Azul e Omie.

Caso você não queira arcar com os custos de alguma dessas ferramentas, é possível utilizar planilhas no excel. Existem diversos modelos disponíveis na internet, com download gratuito.

Conta Digital PJ

Precisando de uma conta PJ? A Conta Simples é um conta feita exclusivamente para pequenos e médios empresários, sem taxa de manutenção e a única que oferece aplicação de saldo automática de 100% CDI. Para abrir uma conta basta pedir um convite.

Banner a melhor conta digital

Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!
Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!
Não sabe como usar os cartões corporativos no seu negócio?

Confira agora como os múltiplos cartões
ajudam no controle das despesas!