Vantagens e desvantagens do DropShipping

vantagens e desvantagens dropshipping

Cada vez mais, os indivíduos têm realizados compras pela Internet. Dentre os inúmeros motivos e benefícios desta escolha, sem dúvidas, destacam-se a comodidade e a possibilidade de comprar por preços mais baixos.

Se você está em busca de uma nova renda, é muito provável que já tenha pensado na possibilidade de vender produtos pela internet. Mas, juntamente, surgem as preocupações com investimentos, necessidade de estoque, e muito mais.

Pensando em acabar com todos estes problemas dos empreendedores, surge essa nova modalidade de venda. Neste artigo, explicaremos como ele funciona, e quais as vantagens e desvantagens do Dropshipping!

Leia também: Principais ferramentas para profissionais de Dropshipping

Afinal, o que é o DropShipping?

Em meio a tantas burocracias e necessidades de investimentos, tornar-se um empreendedor é algo difícil. Porém, trabalhar com DropShipping parece ser uma excelente opção.

De modo resumido, pode-se dizer que quando um empreendedor opta por este mercado, ele se torna apenas um “intermediador” do processo de compra e venda.

Depois de escolher o seu nicho, anunciar o produto e fazer seu marketing, o vendedor encomenda o produto do fornecedor, e este último se encarrega pelo envio e entrega.

Com isso, pode-se perceber que inúmeras etapas são “puladas”, o que traz inúmeras vantagens. Saiba mais nos próximos tópicos!

Vantagens do DropShipping

É provável que você já tenha em mente alguns dos benefícios e vantagens de se trabalhar com DropShipping nos dias de hoje. Conheça alguns deles a seguir:

1) Não há a necessidade de possuir estoques

Como a compra dos produtos será feita apenas quando uma venda for concretizada, isso dispensa estoques de grandes quantidades de um mesmo produto.

Com isso, você não estará acumulando itens, não correrá o risco de sair no prejuízo, nem mesmo precisará investir uma grande verba para iniciar o seu trabalho.

2) Sem gastos com loja física

Embora muitos vendedores sonhem em ter uma loja física, esta é uma responsabilidade, afinal, torna-se necessário:

  • Passar por uma série de processos burocráticos;
  • Alugar um espaço físico;
  • Adequar o prédio;
  • Adquirir móveis;
  • Contratar atendentes;

Dentre uma série de outros incômodos.

3) Ausência de preocupações com a logística

Como já lhe dissemos, a entrega do produto é realizada pelo fornecedor. Com isso, não mais se tem a preocupação com todo o processo de logística da entrega.

Obviamente, você se compromete a entregar um bom resultado ao seu cliente. Porém, ao contar com fornecedores de confiança, este não será um problema.

4) Possibilidade de inovar

Quando se tem a possibilidade de anunciar produtos antes mesmo de criar um estoque e investir financeiramente, torna-se possível estar constantemente renovando e inovando com os produtos vendidos.

Por exemplo, se você trabalha com a venda de maquiagens, poderá apostar na variedade de marcas.

5) É um negócio legal

Devido a falta de conhecimento, muitas pessoas ainda pensam que o DropShipping é um negócio ilegal – o que está errado.

Desde que todas as regras sejam seguidas e respeitadas, este é um negócio legal.

6) Possibilidade de lucros

Em cada venda realizada, obviamente, você terá uma margem de lucros. Além da possibilidade de ganhar sobre uma mercadoria, deve-se ter em mente os diversos outros pontos em que estará economizando – principalmente quando se for contrastar com uma loja física.

Desvantagens do DropShipping

Assim como em todo negócio, aqui também existem as desvantagens. Antes de escolher esta modalidade, deve-se levar em conta os riscos e os benefícios do trabalho.

A seguir, listaremos as principais desvantagens!

1) Necessidade de um marketing inovador

Seu maior trabalho no processo de venda será o marketing. Para isso, é imprescindível que se tenha um amplo conhecimento no assunto.

Também, é preciso levar em consideração que a concorrência é cada vez maior, o que reforça a necessidade de inovar na propaganda, para que você obtenha vantagem em relação ao seu concorrente.

A partir de então, há a necessidade de investir e contar com o apoio de profissionais capacitados – como especialistas em mídias sociais, designers, programadores, etc.

2) Controle parcial sobre as vendas

Embora você seja o vendedor e o responsável pela entrega do produto prometido, quem fará toda a logística será o fornecedor.

Neste processo, podem existir falhas, e você poderá ser prejudicado. Porém, cuidados podem (e devem) ser tomados no sentido de minimizar o problema.

3) Menores lucros

Quando comparado a um vendedor que detém o produto, aqui os lucros acabam sendo menores. Embora haja uma série de vantagens financeiras, o DropShipping acaba por ter a limitação do rendimento.

4) Dependência total da internet

Todo o processo da venda é realizado pela internet. Embora isso pareça positivo em um primeiro momento, deve-se levar em consideração a necessidade de confiar em seu fornecedor, a de ter um bom site desenvolvido para revender, e muito mais.

Vale a pena?

Depois de conhecer algumas vantagens e desvantagens do dropshipping, é provável que você se pergunte se esta é a melhor opção de renda. Para responder essa pergunta, deve-se particularizar cada caso:

  • Quanto se deseja ganhar;
  • Nicho em que deseja trabalhar;
  • Habilidades e expertise no processo de vendas;
  • Conhecimento acerca de marketing digital;
  • Parcerias e fornecedores;

E muito mais!

Portanto, leve em consideração todos as vantagens e desvantagens do dropshipping, e tome a melhor decisão possível para dar os seus primeiros passos no mundo do empreendedorismo!

Banner para abrir uma conta digital PJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *