Vida e aprendizado andam de mãos dadas. Você, que decidiu empreender, provavelmente já sabe o que é uma pessoa jurídica (PJ). Ainda não? É a figura jurídica da sua empresa.

Ela se caracteriza por reunir uma ou mais pessoas. Mas também agrega capital, patrimônio, ação administrativa e um objetivo específico.

Vamos falar de capital, um tema muito relevante para a sobrevivência de uma empresa, seja micro, pequena ou de grande porte. É bem possível que você, microempresário, tenha aprendido que o capital da sua empresa precisa ficar separado do seu capital.

Sua microempresa presta serviço a outras? Então, ela vai receber pagamento dessas parceiras, correto? Uma conta corrente de PJ vai deixar a receita, os pagamentos e os investimentos do seu empreendimento bem definidos diante dos seus olhos.

Nada como tirar um extrato bancário e identificar rapidamente item por item, correto? Nenhuma confusão com o dinheiro que é da sua propriedade. Esse é tradicionalmente depositado em uma conta corrente de pessoa física (PF).

Pois bem, abrir uma conta corrente de PJ tem essa e várias outras vantagens. E as desvantagens, os problemas que podem surgir? São poucos, mas existem. Identificamos uma boa quantidade. Veja aqui quais são eles.

Escolher o banco para abrir uma conta corrente de PJ dá trabalho

Vamos supor que você já tenha uma conta corrente de PF. Você paga as tarifas bancárias dessa conta. Ao solicitar a abertura de uma conta corrente de PJ, mais tarifas vão aparecer.

É nesse momento que você deve pensar na sustentabilidade financeira do seu negócio. A situação atual do empreendimento permite o pagamento das tarifas, além de outras despesas que já foram contraídas? Lembre-se de que as tarifas bancárias são gastos mensais com os quais sua empresa terá que lidar.

Sem dúvida, a melhor forma de não cair em uma armadilha é pesquisar cada banco. Não se acomode com o fato de já ter uma conta corrente de PF em um banco e assim abrir a conta de PJ nessa mesma instituição. Os valores das tarifas de contas de PJ são mais altos do que as de contas de PF. São contas que requerem mais estrutura administrativa dos bancos. Porém, as tarifas divergem entre instituições bancárias.

Vamos analisar o caso do microempreendedor individual (MEI) que precisa de maquininha de cartão para recebimentos dos clientes. A tarifa mensal cobrada pelo Banco do Brasil é a mais baixa: R$ 18,00. Em outros bancos, sua empresa pagará no mínimo R$ 35,00 e ainda assim, com limitações em alguns serviços.

Além das tarifas, é preciso pensar no valor dos serviços bancários. Visite a página de vários bancos e avalie se os serviços oferecidos no pacote estão adequados para seu empreendimento.

Acesse também a página da Conta Simples [https://contasimples.com] e conheça tudo sobre conta digital para PJs. Nessa modalidade de conta você não vai até uma agência. Tudo é feito pela internet.

Comparecer à agência com documentação exigida. E ela varia!

Atenção total para os documentos exigidos na abertura de conta corrente de PJ. Geralmente os bancos pedem:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone) em que conste o nome do microempresário
  • Certidão negativa de débito disponibilizada pela Receita Federal
  • Certificado de Condição de Micro-empreendedor Individual (CCMI) no caso dos MEIs

O número e o tipo de documento solicitado variam entre os bancos. Então, vamos supor que você abriu uma conta corrente de PJ em um determinado banco e se arrependeu. Se não quiser negociar e simplesmente quiser mudar de banco, vai precisar consultar o site da outra instituição. Isso significa tempo perdido com burocracia. Com uma conta digital, você está livre disso.

Ter que abrir conta corrente de PF, mas o desejo é de apenas conta de PJ

Quem é MEI não sofre obrigação por lei de ter uma conta corrente de PJ. Então, estude bastante qual é o perfil da sua micro-empresa antes de tomar uma decisão.

Para os microempresários que nunca abriram conta em instituição financeira, cuidado! Alguns bancos pequenos aceitam a abertura de conta corrente de PJ, mas alegam que uma conta corrente de PF também precisa ser aberta.

Se você está inteiramente ciente dessa situação e dos custos que ela traz, tudo bem. Mas e quando o banco não deixa o cliente esclarecido de forma suficiente? Há inclusive um relato aflitivo de um microempreendedor de Londrina, Paraná, ao saber do quanto devia como correntista de PF.

Enfrentar mudanças tecnológicas rápidas e inesperadas

Ao longo do tempo, microempresários, MEIs, startups e autônomos passam por mudanças. As instituições bancárias também. Todos nós nos beneficiamos com os avanços da tecnologia da informação. Mas será que todos os microempresários podem se atualizar constantemente nesse setor? Muitas vezes, a atualização custa investimento que não pode ser feito imediatamente.

Por exemplo, no momento em que você abre a conta corrente de PJ em um banco, o atendente te informa sobre o programa de internet que você usará para acessar a conta.

Mas, ao acessar a conta na empresa, você verifica que o tal programa não é compatível com o sistema operacional do seu computador. E para mudar de sistema operacional, você precisa mudar de computador. A seguir você descobre que não é possível instalar um aplicativo indicado pelo atendente do banco no seu smartphone, pois ele não é muito moderno.

Imagine não ter que lidar com todos esses desafios. Quanto tempo vai sobrar para investir no seu negócio! Ao contrário de bancos tradicionais, a Conta Simples trabalha de modo prático. Tudo é feito pela internet através do seu navegador, seja no computador ou celular ou até pelos aplicativos nativos do celular. Ainda por cima, diferente de outros bancos, você não pagará nenhuma taxa de manutenção pela sua conta: seja para abertura ou mensalidade. Acesse o Conta Simples e abra a sua conta em menos de 5 minutos e comece a economizar tempo, dinheiro e níveis de estresse!

2 comentários em “Problemas ao abrir uma conta corrente de pessoa jurídica

Deixe uma resposta