Planejamento orçamentário: os principais mandamentos para empresas da era digital

Precisa fazer um planejamento orçamentário? Veja quais são as recomendações para esse exercício de olhar para o futuro.
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
banner do material Fever Play

Para crescer, é preciso investir. E não tem como investir de forma estratégica sem uma visão holística do orçamento da companhia, você já sabe. Mas o bom planejamento orçamentário vai muito além dessa intimidade com a receita: ele ajuda a driblar desafios financeiros e é a base de uma comunicação clara entre empreendedores, colaboradores e investidores. 

Conversamos com o Finance Owner da Conta Simples, Bernardo Almeida, para entender o planejamento orçamentário a fundo, além de refletir sobre boas e más práticas nesse processo. Vamos explorar essa dinâmica considerando a nova economia e a transformação digital do setor. Quer participar desse debate? Vem com a gente. 

O que é planejamento orçamentário? Uma perspectiva digital

A transformação digital das finanças trouxe novos contornos para todos os processos do financeiro: gestão de custos e despesas, controle de fluxo de caixa etc. Com o planejamento orçamentário não é diferente. Mas, antes de mais nada, vale revisitar o conceito.

Segundo Almeida, planejamento orçamentário é “um processo em que os gestores das empresas, principalmente os gestores financeiros, projetam receitas, custos, despesas e investimentos que uma empresa terá ao longo de um determinado período”. 

O Finance Owner também explica que o planejamento orçamentário é um olhar para o futuro financeiro da empresa. E o futuro é digital. Entenda o que muda com a nova economia:

Planejamento orçamentário na nova economia

“Na era digital, os profissionais que trabalham com planejamento orçamentário estão mais munidos de ferramentas flexíveis e interativas que facilitam as suas rotinas”, diz Bernardo Almeida. Isso significa que a tendência é que o trabalho se torne menos operacional e mais estratégico.  

Nesse universo de soluções digitais, “as melhores são aquelas em que podemos fazer a alocação de orçamentos para categorias e centros de custo da forma mais granular possível”. 

Quem faz o planejamento orçamentário?

O desafio dos profissionais que fazem o planejamento orçamentário é, de fato, colocá-lo em prática. Não se engane: essa é talvez a parte difícil do processo.

Nessa missão estratégica para o futuro da empresa, de acordo com Bernardo Almeida, estão os profissionais:

  • Analistas de FP&A
  • Controllers


Outros profissionais, gestores e analistas de finanças, planejamento, contabilidade, controladoria e compras podem estar envolvidos no processo. 

Desafios de quem faz o planejamento estratégico 

Mais do que analisar os recursos, traçar metas e criar um plano, o time financeiro precisa assegurar que esse planejamento seja respeitado ao longo do período estipulado: o mês, o quarter, o ano etc.

Além disso, esses profissionais precisam trabalhar para reduzir os gastos previamente estipulados ao máximo. 

Boas práticas do planejamento orçamentário

1. Considere os riscos e imprevistos

Há sempre riscos que são imprevisíveis, mas existem aqueles que podem ocorrer com mais frequência. O bom planejamento orçamentário considera eventuais problemas, especialmente em um momento incerto como o que estamos vivendo.

Na elaboração do orçamento, o time financeiro deve incluir despesas como um seguro empresarial e destinar recursos a eventuais crises. 

Em tempos de digitalização das finanças, vale ainda criar modelos preditivos que considerem diferentes cenários de receita. Assim, o time financeiro saberá operar caso a ideia original não se concretize

2. Trace metas para o futuro do negócio

Onde a empresa quer estar nos próximos anos? Com metas claras, o financeiro poderá definir quais despesas são estratégicas e priorizar alguns gastos em detrimento de outros. 

Por exemplo: se a contratação de um determinado número de desenvolvedores for uma meta, será necessário considerar gastos com recrutadores, programas de atração de talentos etc. 

3. Defina orçamento por setores ou projetos

O planejamento precisa considerar necessidades muito específicas, que variam de acordo com a natureza do trabalho de cada equipe. Por isso, é uma boa prática que o orçamento seja dividido por time.

Essa divisão será muito importante para que as equipes controlem suas próprias despesas e se planejem com base no orçamento estipulado. 

4. Seja transparente

Investidores buscam empresas que saibam navegar em direção ao sucesso — mesmo se o mar estiver agitado. Para isso, todos os detalhes (ou melhor, dados) contam.

Erros comuns no planejamento orçamentário

Para o Finance Owner, os dois erros mais comuns do planejamento orçamentário são: 

  • Subestimar ou superestimar os gastos que serão incorridos ao longo de um período;
  • Não segmentar adequadamente o planejamento de gastos da empresa.

De acordo com Almeida, em ambos os casos, o resultado é uma alocação sub-ótima de capital.

Outro erro comum nesse processo de elaboração do planejamento orçamentário é não envolver os colaboradores. Afinal, as metas orçamentárias precisam estar alinhadas às necessidades de cada setor. Além disso, o planejamento será mais fiel à realidade da empresa se envolver pessoas que conhecem as diferentes áreas da organização. 

Um stack financeiro para chamar de seu 

Não importa o tamanho da empresa, existe um conjunto de ferramentas ideal para aquele departamento financeiro. Na era digital, esses sistemas são essenciais não só na etapa de planejamento, mas para que toda a rotina de trabalho e os processos sejam tratados com mais agilidade, autonomia e liberdade. 

Se você ficou interessado em saber mais sobre stack financeiro, é só baixar o guia essencial de ferramentas para times financeiros e acessar o material completo.

Não sabe como usar os cartões corporativos no seu negócio?

Confira agora como os múltiplos cartões
ajudam no controle das despesas!