Se você já é empreendedor individual ou está pensando em se formalizar, deve estar se perguntando sobre a possibilidade de abrir conta. Para pessoas físicas é simples, basta ir a uma agência bancária com os documentos pessoais e abrir uma conta em questão de minutos. Mas será que o empreendedor individual pode abrir conta?

Ter uma conta para receber dinheiro e realizar pagamentos é fundamental no mundo moderno. Além da questão de entrada e saída de dinheiro, as contas também possibilitam ao titular pegar empréstimos bancários e realizar financiamentos.

O empreendedor individual pode sim abrir conta bancária. A grande diferença é que além da conta como pessoa física, o empreendedor pode optar por uma conta como pessoa jurídica. Qual modalidade é mais interessante para o empreendedor?

Para compreender e fazer uma boa escolha precisamos analisar as características de cada conta. Afinal de contas, quais são as vantagens oferecidas por uma conta jurídica? Como abrir essa conta? Devo confiar em bancos ou já existem alternativas para me ajudar a crescer? Vamos falar sobre todos esses assuntos.

Vantagens de ter uma conta jurídica para empreendedor individual

Antes de entrarmos no tópico específico sobre as diferenças existentes entre as contas para pessoas físicas e as contas para pessoas jurídicas, vamos tratar das vantagens de ter uma conta. Afinal de contas, vale a pena ter conta empresarial? A primeira vantagem é o controle do equilíbrio financeiro da empresa, através da análise de entrada e saída de dinheiro da conta.

Sabe aquela confusão que boa parte dos empreendedores individuais fazem entre contas pessoais e contas da empresa? Com a utilização de uma conta jurídica esse problema deixa de existir. O que é da empresa, vai para a conta associada à empresa, sem nenhuma confusão com as verbas de origem pessoal.

Mencionamos também a possibilidade de contrair empréstimos bancários. Você como empreendedor sabe muito bem a importância de poder contar com um financiador para investir em novos projetos, desenvolver ideias e crescer ainda mais no mercado. Com a abertura de uma conta, tudo isso se torna possível.

Modelos como o do Conta Simples permitem ao empreendedor ter um cartão de crédito pré-pago gratuitamente. Além disso, a Conta Simples é isenta de taxas de manutenção para Microempresas, Microempreendedores Individuais, Freelancer e outros empresários. Trata-se de uma grande vantagem!

Diferenças entre conta pessoa física e conta pessoa jurídica

Agora que você já sabe que empreendedor individual pode abrir conta, está na hora de descobrir a diferença entre uma conta comum (pessoa física) e uma conta jurídica (empresarial). E aqui entramos em um assunto que é muito importante para você: a questão financeira. As contas para pessoa física possuem taxas de manutenção e juros altíssimos.

Não é por outro motivo que vemos todos os dias notícias de que o número de inadimplentes na sociedade civil está crescendo. As taxas cobradas pelos bancos relativas às contas de pessoa física são absurdas. Tente simular um empréstimo para pessoa física em qualquer banco e veja como as taxas são exorbitantes.

Empreendedor individual pode abrir conta isenta de taxas, como a conta oferecida pelo Conta Simples. Além de não cobrar nada para a manutenção, a conta permite transações gratuitas entre contas da mesma origem, oferece cartão de crédito gratuito e o melhor de tudo, pagamento de contas.

Como abrir uma conta de empreendedor individual

Não restam dúvidas de que empreendedor individual pode abrir conta corrente. Resta saber como fazer isso, não é mesmo? Para abrir uma conta como pessoa jurídica é tudo muito simples. Basta levar alguns documentos no banco e esperar alguns minutos. Quando se trata de conta jurídica, a conversa é um pouco diferente. Mas não se assuste, não existem segredos.

Além dos tradicionais CPF (Cadastro de Pessoa Física) e RG do empreendedor, a maioria dos bancos também exige a apresentação do CNPJ da empresa e do Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI). Outro documento bastante cobrado e que você deve ter em mãos é um comprovante de endereço.

Uma das grandes desvantagens de abrir uma conta de empreendedor individual nos bancos é a burocracia. Além de não ser um processo muito simples, os bancos normalmente exigem que seja feito um pequeno depósito, de R$50 até R$200,00, dependendo do banco.

Se por um lado os bancos oferecem aos empreendedores um cartão de crédito, por outro cobram uma taxa. Ela é relativamente menor do que a taxa de cartões de crédito para pessoa física, mas mesmo assim pode ser um desconforto para o bolso do empreendedor.

Abrir conta de empreendedor individual nos bancos é o melhor caminho?

Por muito tempo, abrir conta para empreendedor individual nos bancos foi a única opção encontrada pelos empreendedores. Por sorte, os tempos são outros e algumas opções alternativas já existem no mercado, como a Conta Simples, que oferece tudo que os bancos já ofereciam, mas de forma muito mais simples e sem taxas de manutenção.

Trata-se de uma conta completamente digital, que simplifica a vida de quem precisa estar sempre de olho nas finanças. A Conta Simples está transformando a realidade brasileira, incentivando e apoiando o desenvolvimento de milhares de empreendedores individuais.

Cuidados na hora de abrir uma conta de empreendedor individual

Um dos maiores cuidados que você empresário deve tomar antes de abrir a sua conta, seja em um banco ou em instituições como a Conta Simples, é analisar as taxas cobradas. Isso mesmo, é preciso ler nas letras miúdas. Boa parte dos bancos prometem várias vantagens aos clientes, mas escondem taxas absurdas em seus contratos.

Mas não tenha dúvidas, abrir uma conta para o seu negócio é uma excelente ideia. Esse é o primeiro passo para começar a atuar no mercado como um verdadeiro empresário. Com uma conta específica para empreendedor, você estará separando o que é pessoal do que é da empresa. Isso transmite segurança e permite maior controle sobre a saúde da empresa.

Aproveite que empreendedor individual pode abrir conta, escolha a melhor instituição, de preferência uma que não cobre taxas pelos serviços prestados e comece a atuar no mercado de forma inteiramente responsável.

Deixe uma resposta