Controle financeiro: 5 boas práticas para sua empresa

Fique por dentro de dicas valiosas que podem ajudar a trazer um olhar mais cuidadoso para o controle financeiro de uma empresa .
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
banner do material Fever Play

Independentemente do porte e segmento de atuação, manter um bom controle financeiro é fundamental para os negócios que buscam rentabilidade e escalabilidade a longo prazo. Isso porque, sem esse fator, fica bem mais difícil para a gestão financeira da empresa se planejar estrategicamente para proporcionar uma reserva de investimentos e outras ações, que irão subsidiar seu crescimento e desenvolvimento.

Natália Bertussi, coordenadora nacional de startups no SEBRAE, reforça essa tese, explicando que, ao fazer uma boa gestão financeira da startup ou negócio, é possível dedicar mais tempo e esforço a outras atividades, além de crescer com segurança. “Ter conhecimento sobre fluxo de caixa, controle patrimonial, saldos bancários e diversos outros aspectos financeiros demonstra maturidade financeira e autoconhecimento da situação da sua própria empresa. Ao saber tudo isso, o empreendedor demonstra aos investidores que sabe controlar os recursos e também tem clareza em quais pontos pretende alocar o investimento recebido”, afirma.

Portanto, somente com esse entendimento, é possível ao gestor tomar decisões assertivas, que vão eliminar os desperdícios e proporcionar melhores resultados para o negócio. Sem contar que, nos momentos de instabilidade e eventuais crises, o controle financeiro permite traçar estratégias para contornar a situação, de forma mais simples e embasada.

Porém, mesmo sendo de grande importância para o universo corporativo, esse tema ainda pode trazer muitas dúvidas para os empreendedores e gestores financeiros, principalmente, no que diz respeito aos reais impactos de um controle financeiro mal conduzido, que ferramentas podem ser utilizadas e como colocá-lo em prática.

Neste conteúdo, ajudamos você a entender mais a fundo todas essas questões com dicas práticas, a fim de assegurar um olhar mais cuidadoso da gestão com relação às finanças de uma empresa.

Continue a leitura!

O que é controle financeiro?

Antes de tudo, é fundamental conhecer o que significa manter o controle financeiro de uma empresa.

Controle financeiro se trata de acompanhar e analisar sistematicamente a realidade financeira de uma empresa, por meio de diversos recursos, como relatórios financeiros, fluxo de caixa, movimentações de entrada e saída, despesas fixas, entre outros. 

Por meio desse processo, é possível para a empresa garantir bons resultados e a lucratividade, permitindo que o negócio planeje suas previsões de crescimento de forma sólida e consistente

Para facilitar, listamos os principais recursos que devem ser considerados pela equipe financeira, na hora de manter um controle financeiro eficiente. São eles:

  • acompanhamento do patrimônio;
  • análise do fluxo de caixa;
  • avaliação de relatórios;
  • reservas financeiras e saldos bancários;
  • controle de entradas e saídas.

No fim, o importante é acompanhar tudo o que possa trazer um conhecimento profundo sobre a saúde financeira da empresa. Somente dessa forma, a equipe responsável conseguirá dados suficientes para tomar decisões assertivas, que irão garantir um controle financeiro adequado ao negócio.

Por que o controle financeiro é importante?

No tópico anterior, já conseguimos perceber que o controle financeiro possui papel fundamental para as empresas que buscam crescer e se desenvolver de forma sustentável.

Mas, qual seria o principal benefício desse processo para os negócios?

Em resumo: fornecer ao gestor financeiro informações e dados relevantes sobre a empresa, que vão fomentar tomadas de decisão estratégicas, a fim de equilibrar as finanças, administrar as despesas, realizar investimentos, manter fundos emergenciais e etc. Tudo isso pensando em sustentar a saúde financeira da empresa

“Uma boa gestão financeira deve ser feita desde o início da startup, assim como em qualquer negócio. É preciso buscar cursos sobre o tema, ter mentores especializados e buscar empresas que possam ajudá-los nesse processo de gestão. Dedicar-se a isso desde o início, com certeza, trará economias de tempo, recursos e dores de cabeça no futuro”, ressalta Natália. 

Somente a partir do controle financeiro, o empreendedor ou gestor conseguirá acompanhar a realidade financeira da empresa com transparência, entendendo suas necessidades. E aqui vai outra dica muito importante: controle financeiro e planejamento precisam caminhar juntos.

controle financeiro digital

Isso significa que, à medida que as finanças são planejadas, sua execução precisa estar sob o controle da gestão. Ou seja, o controle financeiro extrai os dados, que servirão de base para o planejamento determinar ações, metas e objetivos. Esse processo deve, portanto, acontecer de maneira contínua, para que, a partir de novos dados e resultados do controle financeiro, seja possível para o setor de planejamento realizar as devidas correções de rota do negócio.

5 boas práticas para o controle financeiro na sua empresa

Com todas essas informações em mente, chegou o momento de conhecermos algumas boas práticas que podem auxiliar os negócios a desenvolverem um controle financeiro eficiente.

Selecionamos 5 dicas principais. Confira!

  1. Separe despesas pessoais das despesas da empresa
    Apesar de parecer óbvio, esse ponto ainda é uma armadilha para muitos empreendedores, principalmente, de pequenas e médias empresas. Não é raro observarmos donos de empresas que utilizam o dinheiro do negócio para gastos pessoais. No entanto, é fundamental separar esses gastos, uma vez que o contrário pode impactar negativamente o caixa da empresa.
  1. Acompanhe atentamente o fluxo de caixa
    Ficar de olho nas movimentações de entrada e saída de capital da empresa é um dos passos mais importantes para um controle financeiro eficiente. Sem exageros, você deve buscar acompanhar diariamente esse processo, a fim de evitar dívidas e garantir reserva de dinheiro para investimentos. Somente com um acompanhamento detalhado e rotineiro, será possível identificar falhas e inconformidades a tempo de tomar uma decisão e evitar maiores perdas para o negócio.
  1. Esteja preparado para crises
    Nenhuma empresa, por mais organizada que seja, está imune a crises e imprevistos. Por isso, é fundamental que você esteja preparado quando algo inesperado, que possa comprometer a saúde financeira da empresa, acontecer. Nesse sentido, manter um fundo de reserva emergencial para o seu negócio é essencial.
  1. Seja sempre orientado em fatos e dados
    Para manter o controle financeiro, sua empresa pode utilizar vários recursos e softwares, muitos com base em machine learning, que são capazes de extrair dados em alto volume, fazendo cruzamento de informações e proporcionando à empresa tomadas de decisão muito mais inteligentes. Sobre esse ponto, a coordenadora nacional de startups no SEBRAE reforça: “ter um controle financeiro baseado em dados vai além de enxergar o momento atual, mas, principalmente, contribui para subsidiar tomadas de decisões futuras.” As vantagens desses dados são inúmeras para o negócio e, na era digital, isso representa uma grande vantagem competitiva para sua empresa.
  1. Registre todas as movimentações financeiras
    Aqui, a regra é anotar tudo! Não importa o valor. Seja um centavo, ou 1 milhão, seu time financeiro precisa acompanhar bem como o dinheiro da empresa está sendo gasto. Hoje em dia, já é possível contar com softwares que fazem esse registro automaticamente.

Gostou das dicas? Pronto para colocá-las em prática? Você sabia que a Conta Simples pode ajudar você a manter o controle financeiro sobre a sua empresa? Conheça a plataforma e saiba de que formas ela pode ajudar a gestão no controle financeiro.

Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!
Conta Simples
Conta Simples
A união entre conta PJ, cartão corporativo e software de gestão financeira em um só lugar. Conheça e abra sua conta gratuita!
Não sabe como usar os cartões corporativos no seu negócio?

Confira agora como os múltiplos cartões
ajudam no controle das despesas!