O profissional autônomo é aquele que atua livremente no mercado, sem vínculo empregatício, oferecendo serviços para diversos clientes. Diferente do trabalhador convencional, de carteira assinada, o autônomo possui muito mais liberdade para definir sua jornada de trabalho, estabelecer preços e outros aspectos importantes.

Uma das grandes preocupações de qualquer autônomo é a gestão financeira. Profissionais com um modelo de trabalho tão flexível precisam de ferramentas de controle de caixa mais eficientes, capazes de simplificar o dia a dia do negócio. Para conseguir gerenciar as despesas e entradas, os autônomos podem contar com serviços digitais específicos para empreendedores.

A conta digital para autônomos foi criada com a finalidade de tornar a vida laboral desses profissionais menos burocrática. Através dela é possível fazer pagamentos, transferências, receber dinheiro e muito mais. E o melhor: tudo de forma virtual, sem papelada. A conta digital cabe no bolso, podendo ser acessada através de dispositivos móveis, como o celular.

Conheça a conta digital sem tarifas

Quando as contas digitais começaram a surgir no mercado financeiro, especulava-se que elas não teriam espaço. Tradicionalmente, as agências bancárias possuem verdadeiro monopólio no mercado financeiro. As fintechs, empresas inovadoras no segmento de tecnologia e finanças, resolveram desafiar esse status ostentado pelos bancos.

Apesar de serem muito mais pequenas em vários aspectos (capital social, número de clientes e alcance da marca), as fintechs conseguiram abocanhar uma boa fatia do mercado. A explicação está nos diferenciais e inovação apresentados por essas empresas visionárias, juntamente com um preço competitivo e ofertas imperdíveis.

Os bancos tradicionais desde sempre ofereceram contas aos seus clientes. Todavia, não se atualizaram quando a internet avançou, apostando sempre em serviços antigos, como caixas eletrônicos e agências bancárias físicas. As fintechs seguiram por um caminho diferente. Lançaram seus produtos e serviços dentro da internet e para a internet.

Boa parte das empresas recentes no segmento financeiro simplesmente não contam com agências bancárias físicas. Todos os serviços estão disponíveis na internet, prontos para serem utilizados em qualquer, a qualquer momento. Até mesmo a abertura de conta, processo que nos bancos demanda a entrega de vários documentos e assinatura, pode ser feito online, pelo aplicativo.

O que são as tarifas bancárias?

Presentes na maioria das contas bancárias tradicionais, as tarifas são valores cobrados pela utilização dos serviços. As tarifas variam muito de banco para banco, tanto na quantidade quanto no valor. Talvez a cobrança mais conhecida pelos clientes seja a taxa de manutenção da conta, valor cobrado mensalmente dos clientes, com débito automático. O valor gira em torno de R$40,00 a R$ 80 na maioria dos bancos grandes que atuam no Brasil.

Além da taxa de manutenção, os bancos cobram tarifas pela utilização dos principais serviços (até mesmo os básicos). Fazer uma transferência pode custar em média R$10,00 por transação. Para atrair clientes é comum que os bancos ofereçam uma quantidade gratuita desses serviços, como uma transferência mensal e quatro saques, por exemplo.

Após esgotar o pacote gratuitoo cliente passa a ser tarifado, devendo arcar com os valores de tabela. Contas bancárias com tarifas simplesmente não se encaixam no perfil do profissional autônomo. Elas acabam gerando mais despesas, contribuindo pouco para o sucesso do empreendimento.

As contas digitais para autônomos são gratuitas?

É comum as pessoas terem dúvida sobre contas gratuitas. Afinal de contas, como uma empresa pode lucrar ao oferecer no mercado um serviço sem custo para os seus clientes?

Pode ser que eles transferem os custos para terceiros, fazendo com que o dinheiro seja proveniente não do uso do serviço, mas de contratos com outras empresas do mercado. Outra maneira é de lucrar no float, investindo o dinheiro que está em caixa. Ou até cobrando por serviços extras utilizados.

Outra forma encontrada pelas fintechs para lucrar é cobrando juros dos inadimplentes. Além disso, muitos dos serviços não são ilimitados, havendo cobrança sempre que o cliente faz uso acima do que estava no acordo de gratuidade. Dessa forma as fintechs conseguem oferecer uma conta digital gratuita para autônomos, sem deixar de lucrar.

Os bancos oferecem contas digitais gratuitas?

Muitas instituições bancárias, temendo perder o controle do mercado financeiro, passaram a oferecer alternativas para os seus clientes. Muitos bancos chegaram a lançar contas digitais, mas que já estão sendo canceladas e descontinuadas. O motivo? As instituições financeiras querem lucrar cada vez mais, o que fica muito difícil para empresas grandes que não possuem um departamento tecnológico forte e precisam pagar por altos custos para manter outros serviços funcionando, como agências e gerentes.

Para vender mais serviços nas agências, os bancos estão encerrando suas contas digitais. Itaú, Bradesco e Banco do Brasil anunciaram o fim da conta digital gratuita. O que pode parecer uma notícia ruim acaba abrindo portas para que as fintechs cresçam cada vez mais nesse segmento.

Interessante notar que a maioria dos bancos continua oferecendo contas digitais para empreendedores e autônomos, com a diferença que agora cobram pelo serviço. Por contarem com status no mercado, os bancos conseguem angariar clientes dispostos a colocar a mão no bolso para ter serviços básicos, como transferência e pagamento de contas.

Como funciona a conta digital para autônomos?

O autônomo lida constantemente com assuntos financeiros, seja o recebimento de valores através de transferência, seja o pagamento de contas e realização de compras. Para conseguir gerenciar tudo isso e ainda manter o negócio funcionando, pode contar com a comodidade de uma conta digital gratuita para autônomos, como a oferecida pela Conta Simples

A conta funciona de forma virtual, podendo ser acessada pela internet, através de dispositivos móveis, como celulares e tablets, e também pelo computador. Em linhas gerais, a conta digital é uma agência bancária pessoal que cabe dentro do bolso e pode ser levada para qualquer lugar.

O acesso é simplificado, bastando que o cliente insira sua senha no aplicativo para consultar o saldo, fazer transações e pagar suas contas. Não importa onde o autônomo se encontre, desde que se mantenha conectado à internet poderá usufruir de todos os serviços.

Vale a pena abrir uma conta digital gratuita para autônomo?

Quem atua no mercado de forma livre, fechando contratos e oferecendo produtos, precisa de ferramentas simples, que ajudem na gestão financeira. A conta digital gratuita para autônomos, além de não pesar no bolso, contribui para o controle administrativo. Vale a pena ter uma conta específica para lidar com os assuntos profissionais.

Deixe uma resposta