Como Otimizar Suas Campanhas no Facebook Com 1 Clique

Cartões pré-pagos para usar em contas de anúncio

Se você ainda não sabe o que é otimização de campanhas, neste artigo eu vou te mostrar o que é, e vou te falar como você pode fazer isso.

Se você já sabe otimizar suas campanhas no Facebook, mas tem dificuldade, gasta muito tempo otimizando, ou acha que otimizar campanhas é um bicho de sete cabeças, eu quero te mostrar como fazer isso com apenas 1 clique.

Isso mesmo.

Sem ter que passar horas e horas no gerenciador de anúncios analisando números e mais números.

Afinal, o que é otimizar uma campanha?

Se você faz anúncios, seja no Google, no Facebook ou em qualquer outra plataforma. Você não pode criar um anúncio, deixar ele ativo gastando dinheiro para sempre e esperar que tudo dê certo.

Por que? Porque não vai dar certo.

Toda vez que você exibe um anúncio na internet, existem milhares de variáveis que podem impactar seu resultado:

– A qualidade do seu anúncio

– O público para o qual você está anunciando

– Questões sazonais

– O número de concorrentes anunciando

E várias outras coisas.

Mais que isso, não é porque um anúncio está trazendo resultados hoje, que ele vai trazer resultados para sempre.

Se você está anunciando para um público de 100 mil pessoas, e essas 100 mil pessoas já viram seu anúncio várias vezes, quem tinha que converter no seu site já converteu e você precisa testar novos públicos e novos anúncios.

É aí que entra a otimização de campanhas.

Otimizar a campanha nada mais é que analisar a performance dos seus anúncios com um olhar analítico que busca encontrar pontos de melhoria.

A partir dessa análise, você vai criar hipóteses, fazer novos testes, colocar mais verba em anúncios que funcionam, e reduzir a verba ou pausar públicos ou anúncios que não estão funcionando.

Desvendando o bicho de 7 cabeças

Se a minha definição acima do que é otimizar uma campanha ainda pareceu complicada para você, eu tenho uma ótima metáfora para explicar melhor.

Imagine que seus anúncios são um jardim.

Você colocou as sementes lá (criou os anúncios), preparou a terra (escolheu os públicos), e regou todos os dias (investiu a verba).

Depois que você fizer isso. As plantas vão crescer (os anúncios vão aparecer para as pessoas).

Feito isso, algumas plantas vão ter crescido, outras sementes não vão ter brotado, algumas plantas vão precisar ser podadas, outras vão ter insetos e por aí vai.

Otimizar suas campanhas nada mais é que o trabalho de ver as plantas desse jardim, colher as que deram certo, ver as que deram errado e fazer o que tenha que ser feito para que você tenha a melhor colheita possível.

Isso exige olhar planta por planta e fazer o que tem que ser feito.

O primeiro passo da otimização: seu objetivo

Para otimizar uma campanha, a primeira coisa que você precisa ter é uma noção de onde você quer chegar.

Veja como definir o objetivo dos seus anúncios e quanto você quer pagar em cada resultado:

Qual é o resultado que você espera dos anúncios?

Para que você entenda melhor como definir esse objetivo, eu vou citar o exemplo de uma empresa real.

Vamos falar aqui em uma loja online (ou e-commerce) e vamos calcular o seu tíquete médio:

Vamos supor que essa loja online vendeu um total de 100.000 reais nos últimos 12 meses.

E que em termos de volume de clientes, esses 100.000 faturados vieram de 200 clientes.

Se eu dividir 100 mil reais por 200 clientes, vou descobrir que cada cliente do meu e-commerce gasta, em média R$ 500,00 por compra na minha loja.

Esse é o seu tíquete médio.

Agora, eu preciso descobrir quanto desses 500 reais sobram depois que eu retiro os custos da minha loja.

Assim, você calcula o seu custo médio por compra.

Você precisa considerar:

  • Custos com a plataforma de e-commerce
  • Custos com os salários da equipe
  • Custos de envio do produto
  • Custos de produção ou de compra dos produtos
  • Custos fixos com aluguel, água, luz, faxina
  • Impostos

E todos os outros custos diretos e indiretos envolvidos na compra que o cliente fez.

Depois que você levantar os custos, somar todos e dividir pelo número de compras, você vai descobrir que dos R$ 500 reais por compra que seus clientes fazem, na verdade você tem R$ 200 reais que são de custos.

Ou seja, se você gastar mais de R$300,00 para fazer uma venda, você estará, na verdade, tendo prejuízo.

Agora que nós sabemos que de uma venda de R$ 500 reais, na verdade, te sobram R$ 300,00.

Você vai definir qual é o valor ideal que você deseja gastar em anúncios no Facebook por venda.

Se você não tem um histórico de campanhas que podem te dar um média, você pode partir de um valor arbitrário, de acordo com a realidade da sua empresa.

Exemplo: dos 300 reais que eu tenho de margem tirando meus custos, eu estou disposto a gastar até R$ 100 para fazer uma venda no Facebook (33,33%).

Assim a cada venda que vem através dos anúncios, você teria R$ 200,00 de lucro.

Ou, se você quiser crescer a sua loja cada vez mais, isso significa que a cada venda que você faz, você ganha dinheiro para fazer mais duas vendas.

Fazendo essas duas vendas você consegue verba para mais 4 vendas e por aí vai…

O próximo passo: análise dos dados

Agora que você sabe quanto está disposto a gastar para fazer uma venda, ou gerar um lead ou qualquer que seja o seu resultado final, você deve analisar os seus anúncios.

Agora, na fase de otimização, você vai, basicamente, focar em melhorar tudo que estiver abaixo da sua meta de R$ 100,00 por venda, e focar em reduzir o prejuízo de tudo que estiver acima da sua meta.

Para fazer isso, você pode fazer alterações:

  • Na verba dos seus conjuntos de anúncios (ou da campanha se ela for CBO)
  • Nos públicos que você usa nos conjuntos de anúncios
  • Nos criativos que você está veiculando
  • Nos posicionamentos onde você anuncia
  • Nas localizações onde você anuncia
  • O seu objetivo de campanha

Além de poder fazer edições no gênero do público, dispositivos, objetivo de conversão e outros aspectos da sua campanha.

O importante aqui é você entender que tendo a sua meta definida, fica muito mais fácil fazer uma análise da sua campanha.

O problema

O grande problema da otimização de campanhas, e o responsável por afastar muita gente, é o seguinte fato.

Ali em cima eu te falei que existem, pelo menos, 9 formas de fazer edições na sua campanha para aumentar o lucro dela.

Isso falando apenas de uma campanha.

E se você tiver 10 campanhas rodando em uma conta de anúncios?

E se você tiver 10 contas de anúncios com 10 campanhas em cada?

Aí já estamos falando de 100 campanhas para analisar.

Se eu tenho 9 variáveis para analisar em cada campanha, estamos falando aqui de 900 variáveis que eu posso alterar para melhorar o resultado das minhas campanhas.

O volume de tempo necessário para analisar todos esses dados numa janela de uma semana (tempo recomendado para otimização na maioria dos casos), é gigantesco e dificilmente uma pessoa consegue fazer todo esse trabalho.

Como nós facilitamos a otimização das suas campanhas

Lembra das 900 variáveis que eu falei que você teria que analisar se tivesse 10 campanhas ativas na sua conta de anúncios? 

O Hackr Ads faz todo esse trabalho de análise das métricas em apenas alguns segundos.

Nosso algoritmo inteligente lê todos os milhares de dados da sua campanha e oferece sugestões de otimizações que podem ser feitas.

Você analisa as sugestões e com 1 botão você faz a alteração na sua campanha.

Veja no vídeo abaixo como funciona o Hackr Ads:

Parceria Hackr Ads e Conta Simples:

A partir de novembro de 2020, os usuários da Conta Simples possuem 15 dias de teste grátis no Hackr Ads.

Para obter o benefício, basta você acessar a área de benefícios da Conta Simples e garantir os seus 15 dias de teste grátis no Hackr Ads! 

Espero que durante o artigo você tenha entendido o que é e como otimizar uma campanha.

Agradeço à toda equipe do Conta Simples Pela Parceria!

Até a próxima.

Igor Gontijo,

CEO – Hackr Ads

banner cartoes virtuais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *