Abrir uma conta corrente de Pessoa Jurídica em qualquer banco ou instituição financeira requer, além de um CNPJ, documentos específicos e medidas que podem variar de acordo com as exigências individuais dos muitos bancos e instituições que oferecem esse tipo de conta para a abertura por pequenas, médias e grandes empresas, além dos empresários individuais.

Mas qual seria a maneira mais simples de abrir uma conta corrente PJ, evitando o máximo possível de burocracia e perda de tempo, enquanto ainda se beneficia das melhores condições do mercado?

Essa é uma pergunta que os bancos convencionais não podem, atualmente, responder de forma satisfatória, nem mesmo com as mais recentes inovações em tecnologia que permitem o uso de recursos bancários através do internet banking.

Porque abrir uma conta corrente de Pessoa Jurídica?

Para quem tem um negócio próprio, é fundamental ter uma conta para pessoa jurídica, pois fica impossível ter um controle financeiro adequado se suas movimentações bancárias, pessoais e profissionais, estão em uma única conta. Além disso, as contas PJ geralmente apresentam melhores negociações e serviços mais amplos do que as contas de pessoa física.

Como as PJs, na maioria dos casos, realizarão um volume bem maior de operações bancárias, é fundamental também que se ganhe tempo, praticidade e até mesmo melhores condições. Qualquer conta PJ oferecerá recursos diferenciados para a empresa cliente, no entanto, atualmente existem opções que se destacam ainda mais, opções estas que ainda vamos explorar mais adiante.

Como abrir uma conta corrente de PJ?

Empresas de pequeno, médio e grande porte, além dos MEIs (Microempreendedores Individuais), estão elegíveis a uma conta PJ (Pessoa Jurídica). Essa conta é registrada com o CNPJ da empresa e deve ser solicitada pelo representante legal da mesma.

A documentação necessária para a abertura de uma conta bancária PJ convencional, na maioria dos casos e dependendo do banco ou do tipo de empresa, pode ser a seguinte:

  • Comprovante de inscrição de CNPJ
  • Contrato Social, Estatuto Social ou Declaração de Registro Individual Comercial
  • Alterações no ato de constituição da empresa
  • Comprovante de faturamento da empresa dos últimos 12 meses
  • Documento de identidade dos sócios ou representantes legais
  • Comprovante de residências dos sócios ou representantes legais

É mais um processo burocrático para o empresário que envolve filas, esperas e até mesmo frustrações. Um tempo precioso que adia e entrava o seu negócio, tempo esse que pode ser crucial para o início de vida útil de sua empresa e até mesmo para o fechamento de seus primeiros negócios.

Mas recentemente o processo começou a se tornar mais simples do que o descrito aqui, e existem atualmente contas com recursos muito mais vantajosos para a pessoa jurídica.

A revolução das contas digitais

Nos últimos anos, começaram a surgir as chamadas contas digitais, que iniciaram um movimento que foi em seguida copiado pelos grandes bancos: o da abertura de contas online, incluindo as contas de Pessoa Jurídica, ou contas PJ.

Instituições como o Neon, o Original e o Banco Inter, fintechs que também são bancos, instituições financeiras que usam a tecnologia para operar contas digitais, vieram para facilitar a vida da pessoa física e do empresário de todo porte.

Bancos como o Santander seguiram a tendência e passaram a disponibilizar as suas versões de conta digital, que também o Bradesco, o Banco do Brasil e o Itaú disponibilizaram. Este último, mais tarde, descontinuou a sua conta digital, oferecendo algumas de suas vantagens, como a abertura totalmente online da conta, para a sua conta corrente convencional.

Hoje já existem inúmeras fintechs e instituições financeiras neste ramo, que atualmente conta com quase 1 milhão de contas digitais abertas em todo o Brasil.

Conta digital de PJ simples

É um fato que a sua empresa precisa de uma conta PJ.
Outro fato é que abrir uma conta digital é muito mais simples, o que nos leva a conclusão de que o melhor para a sua empresa é ter uma conta digital PJ. Mas nem toda conta digital PJ é assim tão simples. Ficou confuso?

Abrindo a sua conta de pessoa jurídica em qualquer banco ou instituição que ofereça a modalidade de conta digital, você estará contando com muito maior comodidade em suas operações financeiras do que abrindo uma conta corrente de pessoa jurídica convencional.

No entanto, dentre as opções de contas digitais disponíveis atualmente, algumas delas possuem uma maior rapidez e praticidade desde a abertura da conta, um atendimento online diferenciado e melhores tarifas para os serviços que a sua empresa deverá utilizar.

A solução definitiva em rapidez e praticidade está na Conta Simples, onde o portador de CNPJ pode, pelo celular e em menos de 5 minutos, abrir a conta PJ de sua empresa com seu documento de identificação, alguns dados pessoais e o cartão CNPJ.

A Conta PJ Simples tem ainda a vantagem de ser uma conta digital de pessoa jurídica que não exige nenhuma taxa de inscrição, mensalidade, semestralidade ou anuidade. É de uma Conta PJ Simples que a sua empresa precisa!

 

Deixe uma resposta