Categorizar gastos no cartão traz controle ao financeiro

Categorizar gastos no cartão traz controle ao financeiro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma das principais dores de cabeça de quem trabalha gerindo as despesas da empresa é lidar com a organização dos gastos, tentando identificar o que significa cada linha das faturas. É comum ver o pessoal do financeiro armando uma verdadeira investigação para encontrar o responsável por cada compra.

Mas a vida de Sherlock Holmes da gestão de despesas já pode ser deixada para trás. Isso porque categorizar gastos no cartão se tornou uma funcionalidade essencial para profissionais do financeiro, e fica ainda melhor com a criação de múltiplos cartões corporativos.

O software de gestão de despesas da Conta Simples fornece todas as ferramentas necessárias para aliviar o trabalho braçal – e investigativo – do financeiro. Confira os benefícios do nosso produto neste artigo.

Por que criar múltiplos cartões corporativos?

Categorizar gastos no cartão traz controle ao financeiro

É fácil perder o controle dos gastos quando toda a empresa concentra as compras em um só cartão. Essa prática acaba, muitas vezes, por levar o CEO ou outro C-level a usar a própria conta pessoal para as despesas do negócio, o que pode transformar a gestão dos gastos em um buraco negro de informações.

E por mais que o software do banco ou instituição financeira desse cartão permita ao financeiro categorizar gastos, outros problemas causados por essa prática podem afetar a saúde financeira e o dia a dia de trabalho, como:

  • dados sensíveis do cartão podem ser comprometidos;
  • aumento de chances do cartão ser bloqueado ou clonado;
  • surgimento de gastos fantasmas;
  • gargalo nas compras pela falta de outros cartões;
  • limite de crédito insuficiente para as necessidades de toda a equipe.

Associados à conta digital, os cartões corporativos da Conta Simples podem ser emitidos em poucos cliques por meio da nossa plataforma. Além da possibilidade de gerar cartões físicos, a versão virtual oferece ainda mais facilidade ao responsável pela conta, podendo ser bloqueada ou excluída a qualquer momento.

Uma vez que a sua empresa tem em mãos a possibilidade de criar múltiplos cartões corporativos, eles podem ser distribuídos pelos centros de custo com orçamentos customizados pelo responsável pela conta e atrelados ao saldo em conta.

Começa aí o alívio do financeiro para gerir as despesas. Categorizar gastos fica ainda mais fácil quando eles já foram separados por departamentos e ninguém precisa ficar correndo atrás dos responsáveis por cada compra no cartão da empresa.

Categorizar gastos traz visibilidade e controle ao financeiro

E se a autonomia dos centros de custo com cartões corporativos já torna mais eficiente a gestão de despesas da empresa, a possibilidade de categorizar gastos traz ainda mais controle ao financeiro.

O gráfico de despesas do cartão pode ser acessado pelo responsável na plataforma da Conta Simples e apresenta um controle mensal das compras realizadas por categoria. Mas, uma vez que você pode criar um novo cartão em poucos cliques, por que não personalizar ainda mais a categorização dos gastos?

Autonomia das equipes e categorização dos gastos

Além de distribuir os cartões por departamentos, cada um deles pode receber mais de um cartão para organizar suas necessidades. 

O pessoal do RH, por exemplo, pode ter um cartão corporativo específico para a assinatura das plataformas de engajamento de equipes, como a Feedz. Outro cartão pode ser utilizado somente para a compra de materiais para o dia a dia do escritório.

Já o time de marketing, além de distribuir cartões entre o núcleo de conteúdo e o de mídia paga, por exemplo, pode afunilar ainda mais essa distribuição definindo cartões diferentes para cada canal de mídia paga, como Facebook Ads ou Google Ads.

O que os clientes falam

Usar somente um cartão para as despesas foi a realidade da Vee Benefícios por um bom tempo, até conhecer a Conta Simples. Por assinar diversas plataformas – inclusive, internacionais – o CFO João Eduardo Bergamo percebeu que precisava de uma ferramenta de gestão de despesas.

Categorizar gastos no cartão traz controle ao financeiro

Atualmente, a Vee já distribuiu cinco cartões da Conta Simples entre seus centros de custo. “A gente precisava melhorar a gestão e dar independência para as áreas de Marketing, Inovação, Tecnologia e Operações”, revela Bergamo. “A parte de gestão fica bem mais fácil, com limites que refletem o que se colocou de orçamento para ações, categorias ou departamentos.”

Leia também: CEOs, CFOs e profissionais financeiros comentam a gestão de despesas com a Conta Simples

Esse movimento de descentralização com os múltiplos cartões e a prática de categorizar gastos facilitam a rastreabilidade das despesas por parte do financeiro. Tudo isso sem que ele perca o controle do que está acontecendo, já que usuários selecionados podem acessar os registros de todos os cartões na plataforma.

É o que afirma outro cliente da conta Simples, a Exame. “Dar autonomia não significa que não estou olhando e controlando”, afirma Victor Gatti, Head of Finance da empresa. “Ganhamos em controle e autonomia. Meu time fica mais livre para fazer o que importa”, destaca.

Faça como a Vee Benefícios, a Exame e tantas outras empresas que otimizaram sua gestão de despesas com a Conta Simples. Acesse nosso site e saiba mais.

 

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Receba novos conteúdos toda semana. Fique tranquilo, não vamos lotar sua caixa de entrada!

Postagens Relacionadas

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Empreender é como um jogo de videogame. A cada fase que passa, os desafios e obstáculos ficam mais difíceis. Com o tempo.