Dcifre & Conta Simples: gestão inteligente que descomplica o processo contábil

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

CEO da Dcifre diz que processo de conciliação dos clientes ficou muito mais fácil depois que passou a indicar a Conta Simples

RAIO-X: DCIFRE

  • Setor: Financeiro
  • Tamanho:  0-50 funcionários
  • Stack financeiro: Conta Simples e Vindi 

Eles são os “contadores da era digital” e já têm mais de 100 clientes espalhados pelo país. O sucesso da Dcifre no mercado não surpreende, já que simplificou a contabilidade com tecnologias digitais e automação financeira. O CEO, Henrique Barbalho, explica: “Vendemos o outsourcing contábil, a gestão pronta. Nossa meta é desmistificar a contabilidade”.

Fundada em 2018, a Dcifre atende a muitos empreendimentos da nova economia, como startups. Várias delas têm investimentos liderados por grandes fundos, como Canary e Kaszek. Ao perceber algumas dificuldades dessas empresas, em especial a necessidade de uma plataforma de cartões corporativos mais robusta, Henrique passou a indicar a Conta Simples aos clientes.

Cerca de 90% deles aderem à plataforma de múltiplos cartões corporativos, que resolvem muitas dores de startups: a descentralização das transações por centro de custo ou categoria sem tirar o controle do departamento financeiro. Com a possibilidade de emissão de cartões com responsáveis e limites específicos, as equipes ganham autonomia para usar seus orçamentos e não sofrem com bloqueios de ferramentas ou serviços. 

Há vantagens, também, para o lado contábil: as transações caem no mesmo dia e aparecem categorizadas nas faturas, facilitando a identificação dos gastos e seus donos e, consequentemente, agilizando o processo de conciliação. “Como esses clientes estão com caixa, quanto mais controle na fonte da saída de dinheiro, melhor pra ele”, avalia o CEO.

Por meio do Portal do Contador, a Dcifre acompanha as despesas dos clientes, além de poder gerar relatórios no formato OFX, compatíveis com ERPs. 

“Para fins contábeis, facilitou demais nosso dia a dia pra fazer a conciliação, exportar e importar, principalmente para o meu time de BPO, que tem usuários no Portal do Contador. O feedback é de clientes satisfeitos”, diz Henrique Barbalho, CEO da Dcifre. 

Ambiente fiscal saudável para uma melhor consultoria contábil 

A Dcifre encontra muitos problemas em processos contábeis dos clientes e, por isso, segue investindo em tecnologia. “Nosso foco, hoje em dia, é virar a chave”, diz Henrique, que está trabalhando em apps de contabilidade mais simplificada para segmentos específicos em larga escala. 

Diversos desses problemas sumiram com a entrada da Conta Simples na história: “Todo cliente que abro, indico abrir conta lá”, afirma o CEO, que cita a rapidez e a segurança do produto para startups, como aquelas que recebem investimento-anjo e precisam realizar muitos gastos. 

“Reduz muito meu trabalho de consultoria. O cliente fica supersatisfeito, tem controle do que está acontecendo. Eu durmo tranquilo, sei que o cliente não vai passar por dor de cabeça com cobrança indevida”, diz Henrique.

Vários clientes da Dcifre sofriam com gastos que não estavam esperando no cartão, como assinaturas de ferramentas já não mais usadas. Também havia muito bloqueio de compras ou do próprio cartão devido a baixos limites de crédito. 

“A chance de bloquear na Conta Simples é mínima. Sempre indico usar um cartão por categoria, para não passar perrengue, e botar limite pra não levar surpresa. Tem gente que leva susto porque tinha esquecido”, diz o CEO, que completa: “Nessa gestão, consigo otimizar o gasto. Como tem muito meio de pagamento para compra no exterior, é uma mão na roda para evitar bloqueio”.

De cliente para cliente: Conta Simples na Dcifre

Dcifre & Conta Simples: gestão inteligente que descomplica o processo contábil
CEO da Dcifre, Henrique Barbalho usa o serviço que indica para os clientes: os múltiplos cartões corporativos simplificaram sua gestão de despesas

A própria Dcifre aderiu à Conta Simples e, hoje, tem 12 cartões, usados especialmente em assinaturas de ferramentas on-line, como GSuite LastPass. “Nomeio pelas ferramentas.

A funcionalidade de criar cartão e definir por categoria te dá noção de qual tipo de gasto estão fazendo”, conta Henrique.

Outra questão era o limite de gastos, como explica o CEO da Dcifre: “Todo mundo tem dor de cabeça com cartão, o banco nunca dá limite, só que tudo hoje em dia exige cartão. O mais comum é ver o sócio pagar no cartão PF e reembolsar. É um péssimo negócio. Essa funcionalidade de abrir cartão de forma rápida facilita muito, para que eu não perca tempo, para fazer a operação girar”.

 

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Receba novos conteúdos toda semana. Fique tranquilo, não vamos lotar sua caixa de entrada!

Postagens Relacionadas

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Empreender é como um jogo de videogame. A cada fase que passa, os desafios e obstáculos ficam mais difíceis. Com o tempo.