Não é à toa que se fala em burocracia no sistema bancário. O Banco do Brasil é o número um em reclamações, sendo que o tempo de atendimento pode chegar a mais de 2 horas. Abrir conta bancária, especialmente no caso de MEI, é ainda mais difícil.

Muitos são os clientes que nem esperam ser atendidos nos balcões de atendimento do banco tamanha é a impaciência. A maior das redes de agências brasileiras, o Banco do Brasil, é o que mais tem reclamações. A maior parte delas são referente à demora no atendimento nas mesas.

Já são muitas as pessoas que preferem usar o online banking por ser bem mais rápido e prático. A verdade é que os bancos não têm funcionários suficientes para atender tamanha demanda, e por isso o serviço é bem precário.

A burocracia também não ajuda. Dificulta na hora de atender os clientes, o que torna o atendimento ainda mais vagaroso.

Dificuldade em abrir conta Pessoa Jurídica

Sendo o Banco do Brasil a instituição mais procurada para abrir uma conta Pessoa Jurídica, esperávamos que estes estivessem mais abertos e menos burocráticos nesse quesito. No entanto, não é isso que acontece, muito embora as taxas oferecidas estarem entre as melhores do mercado.

Para abrir uma conta Pessoa Jurídica no Banco do Brasil não é fácil. A burocracia é tanta que acaba atrapalhando todo o processo.

Antes de mais nada, se chegar em uma agência sem ter feito uma proposta de abertura na internet, eles mandam para trás. Sem o documento preenchido não é possível abrir uma conta Pessoa Jurídica no Banco Brasil.

Além disso, só o sócio-administrador necessita ir na agência, mas a verdade é que todos os sócios necessitam assinar o documento que falamos anteriormente e também reconhecer a firma.

Como se isso não bastasse, todos os sócios precisam estar cadastrados no BB. Se já foram clientes, cada um precisa ir à agência em que estão associados e atualizar o seu cadastro.

Para abrir uma conta no BB tem de ir no município da sede da empresa. Não pode ir à agência do município de residência.

Depois, o gerente de sua conta vai à sua empresa para fazer uma visita a fim de verificar se não se trata de uma empresa fantasma.

Esta é a prova da enorme burocracia que enfrenta quando pretende abrir uma conta Pessoa Jurídica no Banco do Brasil.

E apesar de o BB ser aquele que mais complicada, não se engane. Em todos os bancos existe um enorme processo burocrático, sem contar com o tempo de espera que tem de enfrentar para ser atendido, mesmo se tratando de Pessoa Jurídica.

Depois de passar a burocracia, o Não!

Pois é! Outro grande problema que as pessoas enfrentam na hora de abrir uma conta. Não apenas as pessoas jurídicas, mas as pessoas físicas também. O Brasil é um dos países onde mais difícil é abrir uma conta-corrente.

Se é verdade que nenhum banco é obrigado a abrir uma conta-corrente para alguém, também é verdade que a maior parte dos casos não tem qualquer fundamento.

Atualmente, a única conta-corrente que não pode ser negada é a Conta Salário. Todas as outras podem ser negadas.

Entre as principais restrições que poderão ser motivo para ver-lhe negado o pedido de abertura de conta estão:

  • Restrição interna – Quando uma pessoa tem dívidas antigas, ou débitos com empresas do grupo da instituição.
  • Restrição nos órgãos de proteção de crédito – Quando uma pessoa tem o “nome sujo”.
  • Renda incompatível – Algumas instituições financeiras só permitem rendas abastadas, e por isso são exclusivas a pessoas de alta renda, como o caso do Prime, Personnalité ou Estilo.
  • CPF irregular na Receita Federal – Quando alguém tem o Cadastro de Pessoa Física irregular.
  • Desinteresse comercial – Quando o banco alega que não tem interesse comercial, pelo simples fato de não estar interessado em ter aquela pessoa como seu cliente.
  • Débito negociado com abatimento – Quando uma pessoa negocia um débito com um superdesconto. Neste caso fica impedida de adquirir novos serviços, incluindo a abertura de uma conta-corrente.

Apesar de ser comum ver negado o pedido de abertura de conta-corrente, devemos dizer que o fato de ter sido negado em uma instituição não quer dizer que seja negado em outra. No entanto, deve estar preparado para passar por todo esse processo burocrático novamente.

Conta Simples: A solução!

Se não está afim de passar por tudo isso para abrir uma simples conta para a sua empresa, existe uma solução bem mais fácil, cômoda, rápida e barata – a Conta Simples!

Se trata de uma conta 100% digital para Pessoas Jurídicas, com direito a cartão corporativo. A vantagem é que não lhe serão cobradas quaisquer taxas de manutenção e em menos de 5 minutos tem sua conta aberta e ativa, sendo que todo o processo de abertura de conta é feita online pelo celular ou pelo computador.

Com a Conta Simples você pode receber dinheiro de seus clientes por cartão, boletos ou transferências, fazer pagamentos de salários, boletos, TEDs e reembolsos, e usar seu cartão de crédito corporativo para fazer pagamentos e saques.

Além disso, a conta simples permite que controle todos os seus movimentos a partir de sua casa. Pode baixar os seus extratos e relatórios, pode ver todas as suas despesas e pode receber notificações sempre que alguma transação for feita.

É você quem escolhe os serviços financeiros que quer adicionar à sua conta, e por isso não tem que estar ao telefone horas a fio com um vendedor do banco tentando vender todos os produtos financeiros da instituição.

Outra grande vantagem é que pode automatizar processos e pagamentos através de APIs.

Acha que está bom demais? E se lhe disser que a Conta Simples também não faz análise de risco? E se lhe disser que também não cobram anuidade, mensalidade ou cadastro? Não acredita?

Pois essa é a mais pura verdade! Ver para crer? Entre no site e comprove você mesmo! Em menos de 5 minutos terá a sua conta aberta e usufruindo de todas as vantagens de ser Conta Simples. Porque não são só as grandes empresas que merecem uma conta assim!

Deixe uma resposta